Mesa 6 – Comunicação e cultura visual – 7 de novembro

Perspectivas Queer: autoria e narrativas da contemporaneidade sobre gêneros e sexualidades
Gean Oliveira Gonçalves – USP

Resumo
Entre os discursos e enunciados de sentido do mundo contemporâneo, as narrativas sobre gêneros e sexualidades dissidentes instauraram novas reflexões, descontruções e conceitos que envolvem os marcadores sociais de diferença. Tal pesquisa quer questionar os modos como se conduz o panorama da diversidade de corpos, expressões de gêneros e orientações sexuais. Para isto, aborda-se a constituição das narrativas da contemporaneidade enquanto pedagogias culturais propondo-se a analisar livros de temática LGBT (isto é, que abordem a população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) por meio de uma epistemologia queer.           

Palavras-chave: Narrativas. Teoria Queer. LGBT. Gênero. Sexualidade.


 

Movimentos em prol dos homossexuais e teoria queer: O amplo universo além das cores do arco-íris representado nas telenovelas
Lívia Cretaz – Mackenzie

Resumo

Este artigo tem como intuito contextualizar os movimentos homossexuais bem como apresentar as principais conquistas até o momento e apontar os avanços (ou retrocessos) das representações homoeróticas na televisão brasileira, com o recorte nas tramas exibidas pela Rede Globo no horário nobre dos últimos cinco anos. Para a realização deste artigo usou-se o método de pesquisa de dados secundários, bem como pesquisa bibliográfica e documental, além da análise do material empírico utilizado para a construção da dissertação.

Palavras-chave: Movimentos homossexuais. Comunicação e consumo. Representações homossexuais. Telenovelas. Rede Globo.


 

A representação da sensualidade na revista tpm: uma análise das construções de gênero na publicação trip para mulheres
Vivyane Garbelini Cardoso – Cásper Líbero

Resumo

Este artigo busca compreender de que maneira a revista Trip Para Mulheres (Tpm) representa os gêneros masculino e feminino, com enfoque na construção da sensualidade. Como metodologia, utilizou-se, prioritariamente, a Análise de Discurso. Foram estudadas duas edições diferentes: referentes a junho de 2005 e junho de 2015. Partiu-se do pressuposto de que vivemos em um momento histórico no qual as narrativas midiáticas são indispensáveis para o entendimento das identidades de gênero. Além disso, elas se mostram abertas para novas possibilidades e redefinem o que é – e o que não é- sensual. É isso que foi investigado.

Palavras-chave: Imprensa feminina. Revista Tpm. Estudo de gênero. Representação midiática. Análise de discurso.


O estilo televisivo e os relatos de mineiridade: uma análise da abertura de programas regionais
Marcos Vinicius Meigre e Silva – UFMG

Resumo
Apresenta-se uma análise estilística das vinhetas de três atrações que trazem Minas Gerais como tema central: Terra de Minas, Bem Cultural e Triângulo das Geraes, produzidas por emissoras televisivas distintas. Pretende-se pontuar semelhanças e distinções quanto à representação visual da mineiridade. Os preceitos de Butler (2009) nos sustentam em termos teórico-metodológicos para a realização de uma análise do estilo televisivo. Nota-se a preponderância de determinados estereótipos, ao mesmo tempo em que cada programa apresenta particularidades audiovisuais para engajar seu público regional.     

Palavras-chave: Estética audiovisual. Identidade mineira. Regionalismo. Vinheta. Televisão.


 

Em busca de milímetros esquecidos: a produção cinematográfica em 16mm em Santa Maria nos anos 1960
Marilice Daronco – UFSM

Resumo

Mais do que mais um mero formato, a bitola 16 mm foi a primeira a baratear os custos de produção e tornar possível a alguns realizadores fazer seus filmes. Este artigo é baseado em uma pesquisa de mestrado em andamento que parte da história oral para resgatar as memórias dessas produções nos anos de 1960 em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Pretende-se demonstrar como filmes como A Ilha Misteriosa, de José Feijó Caneda, e A Vida dos Solos, de Orion Mello e Joel Cambraia Saldanha, o primeiro documentário educacional de animação da América Latina, contribuíram para a experiência audiovisual na cidade.

Palavras-chave: Memória. Imagem. Audiovisual. História oral. Cinema santa-mariense.