Perfil do Profissional de JO

 

jornalismo-profissional-perfilInterpretar fatos e conseguir produzir informação de qualidade, de maneira criteriosa. O bom jornalista se faz assim: Com conhecimento e sensibilidade. Para cumprir esse compromisso, o profissional de jornalismo necessita de uma formação técnica e também de amplo conhecimento das ciências humanas, fundamentais na forma como ele irá entender e interpretar a realidade.

Diante de um mercado em constante transformação, o jornalista precisa ser muito mais do que um especialista, seu desafio é tornar-se um profissional multimídia dotado de espírito empreendedor e inovador. Capaz de selecionar, pesquisar e gerenciar conteúdos em mídias diferentes como revistas, jornais, rádio, TV, sites de internet, celulares e outras plataformas existentes ou que venham a ser criadas.

Na Faculdade Cásper Líbero o aluno de Jornalismo recebe uma formação aprofundada em diferentes campos das humanidades, como a Sociologia, a Filosofia, a Ciência Política, a História, a Economia, a Cultura Brasileira e a Estética.

Por outro lado, a formação específica para o exercício profissional está presente na introdução do aluno nas práticas do rádio, do telejornalismo, das novas linguagens e tecnologias da comunicação, e na convergência das mídias e experimentação de novas linguagens.

A Faculdade dispõe de espaços e equipamentos adequados para a prática dessas habilidades em seus órgãos laboratoriais: a Rádio Gazeta, o programa Edição Extra, exibido mensalmente na TV Gazeta, além da revista Esquinas.

Primeiro curso de Jornalismo criado no Brasil, ele completa 72 anos em 2019, provando que a soma de ensino sério com um corpo docente competente é garantia de longevidade. A qualidade da Cásper Líbero firma-se a cada ano como requisito importante na hora em que o aluno formado ingressa no mercado de trabalho.

São sete décadas formando profissionais habilitados nas teorias e técnicas necessárias ao desempenho da profissão (apuração, edição, texto, domínio de diversas linguagens), com subsídios culturais importantes para a leitura do mundo contemporâneo.

As áreas de atuação dentro do jornalismo são:

    • REPORTAGENS, COLUNAS, ARTIGOS, CRÍTICAS, RESENHAS EM JORNAIS, REVISTAS E PUBLICAÇÕES DIVERSAS
    • PRODUÇÃO DE ROTEIROS E DE PROGRAMAS JORNALÍSTICOS E NOTICIOSOS EM EMISSORAS DE RÁDIO E DE TELEVISÃO
    • PRODUÇÃO DE CONTEÚDO, ANÁLISES E REDAÇÃO DE NOTÍCIAS EM SITES E BLOGS
    • ORGANIZAÇÃO DE PRODUÇÃO, COLETA DE INFORMAÇÃO, ROTEIRIZAÇÃO DE PERGUNTAS PARA APRESENTADORES EM EMPRESAS PRODUTORAS DE CONTEÚDO
    • CONTEÚDOS DE INFORMAÇÃO E DE RELACIONAMENTO EM EMPRESAS, ENTIDADES GOVERNAMENTAIS, SECRETARIAS DE ESTADO E ONGs.