Líbero – Edição 38

Revista Líbero

Ano XIX – nº 38 – Julho/Dezembro de 2016
Revista impressa e eletrônica do Programa de Mestrado em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero – ISSN 1517-3283

Capa-Líbero-37Capa

Editorial/Sumário 

Apresentação

Textos em Contexto

Os nomes na arqueologia da comunicação
Lucrécia D´Alessio Ferrara

 

O que é comunicação?
José Luiz Braga

 

Artigos

A grandes traços…
Josep M. Català

 

Deontologia e tecnologia: um estudo sobre resposta e interação entre leitores e jornais brasileiros no Facebook
Rogério Christofoletti e Thiago Caminada

 

A valoração emergente dos usuários acerca de formatos jornalísticos inovadores: um estudo empírico sobre as reportagens multimídia TAB, do portal Uol
Mauro de Souza Ventura e Liliane de Lucena Ito

 

DJ Tudo, samples e hibridismos: da linguagem do estúdio para a apresentação ao vivo
Herom Vargas e Nilton Carvalho

 

Espartilhos e espadas: vitorianos e medievalistas em práticas juvenis
Monica Rebecca Ferrari Nunes e Marco Antônio Bin

 

Feminismo e ecologia da comunicação na Marcha Mundial das Mulheres
Jorge Miklos e Maria Aparecida Ladeira da Cunha

 

Bandeira arco-íris e violência doméstica nas novelas Insensato Coração e Fina Estampa: limites do merchandising social na disputa por espectadores
Denise Avancini Alves e Carlise Schneider Rudnicki

 

O discurso pelo desmatamento zero na cibercultura ambientalista do Greenpeace Brasil
Elizabeth Moraes Gonçalves e Katarini Miguel

 

Uma abordagem ecossistêmica e midiática sobre o Boi-Bumbá de Parintins
Wilson de Souza Nogueira

 

Livro-reportagem Rota 66: pioneirismo, metodologia e narrativa
Marcos Zibordi

 

A representação do Brasil nos quadrinhos nacionais: o rural, o urbano e o pop
Roberto Elísio dos Santos e Waldomiro Vergueiro

 

Arquiteturas de participação aplicadas ao crowdsourcing: sistematizando processos e práticas de apuração jornalística em ambientes digitais convergentes
Jan Alyne Barbosa Prado e Edienari Oliveira dos Anjos

 

Resenhas

Cultura e comunicação, mercadorias para o consumo da sociedade espetacular
Maria Telma Vieira de Oliveira Mondoni

 

A resistência às dores da abstração
Rodrigo Fonseca Fernandes e Fernanda da Silva Ribeiro

 

Normas para colaboradores