A construção da identidade do público single pela televisão brasileira

Autor: Daniel Dubosselard Zimmermann
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data:  20/10/2006

Resumo

Em virtude de diversos fatores sociais, econômicos, políticos e culturais, as características da estrutura familiar no Brasil, assim como no mundo, vêm sendo alteradas, e em decorrência disso a cada década aumenta o número de solteiros, separados e viúvos. Este segmento denominado Single já representa uma parcela considerável do mercado consumidor. Tanto que dados do último Censo promovido pelo IBGE apontam que há aumento considerável de pessoas residindo sozinhas no Brasil em relação ao Censo anterior, ocorrendo um vértice de mais de 39%. Por conseqüência, as organizações começam a manifestar a preocupação em criar efetivamente benefícios tangíveis e intangíveis para satisfazer as necessidades e desejos deste segmento. Entretanto, apesar do crescimento deste público e da importância da segmentação nas comunicações organizacionais – tanto no que diz respeito a seus produtos e serviços, bem como no que se refere propriamente a sua imagem perante a sociedade – ser fator vital em uma economia de mercado, e apesar de a associação de idéias e públicos segmentados transpor os aspectos do espaço midiático e alcançar o espaço público pós-moderno, poucos estudos abordam esta temática. No que se refere aos meios e à cultura vinculada pela mídia que domina a vida cotidiana influenciando comportamentos, construindo e destruindo estereótipos e forjando opiniões, a televisão desponta como grande responsável por tudo isso. Não apenas por suas características, mas também por sua penetração e capacidade de reproduzir a realidade na ficção e de transformar a ficção em realidade, seja através de programas jornalísticos, de entretenimento, ou mesmo da publicidade. Por esses aspectos, a presente dissertação desenvolve uma análise descritiva da relação existente entre as mensagens de produtos, serviços e empresas projetadas por meio da televisão neste Espaço Público Contemporâneo e o Público Single.
Palavras-chaves: Comunicação; Espaço Público Contemporâneo; Mercado; Televisão; Single.