Comunicação, diálogo e compreensão nas organizações narrativas de liderança

Autor:Viviane Regina Mansi
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data: 13/10/2014

Resumo

Esta dissertação investiga a existência e as condições de uma interação dialógica no contexto organizacional, tomando como objeto de estudo a visão de lideranças, entendidas como um dos polos fundamentais de elaboração de processos midiáticos nas organizações. Entende-se, sob a perspectiva teórica da compreensão, circunscrita ao que se convencionou chamar de Comunicação Interna, neste trabalho denominada Comunicação com Empregados, a pesquisa a respeito das potencialidades do diálogo como campo de oportunidades para a criação de sentido no trabalho, a partir da narrativa dos líderes. Por meio de revisão bibliográfica e entrevistas em profundidade com gerentes de grandes empresas e com especialistas, este estudo busca aprofundar o tema a partir da elaboração teórico-conceitual sobre as vivências práticas desses profissionais. Defende-se que o ponto de vista compreensivo, tanto no sentido intersubjetivo, ou seja, de criação de espaços em que as pessoas possam estar juntas e dialogar sobre as questões que as afetam, quanto de produção de conhecimento – visões plurais, inclusivas, dialógicas, complexas – pode representar um encaminhamento para eventuais tensionamentos entre sucesso da organização e satisfação do indivíduo. Trata-se, portanto, de dar lugar às narrativas como lugar de conhecimento e tecer um discurso pertinente a partir de uma visão privilegiada desses entrevistados. Parte-se da premissa, a verificar, de que o líder compreende a importância e urgência de se comunicar, mas tem dúvidas sobre a contribuição do diálogo nesse processo e, ao mesmo tempo, investe pouco tempo para dialogar com seus empregados. No campo dos referenciais teóricos mais importantes encontram-se os conceitos de complexidade (Morin), de compreensão (Morin, e Künsch, D.), de comunicação organizacional, comunicação com empregados e cultura organizacional (Marchiori, Kunsch, M.) e de diálogo (Buber, Whitaker, Bohn e Gerard).
Palavras-chave: Comunicação com Empregados. Narrativas. Liderança. Diálogo. Sentido do trabalho.