Cultura e comunicação em redes de cidadania

Autor: Daniel Vaz Freire
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data: 27/03/2014

Resumo

Esta dissertação analisa a atuação de organizações, movimentos e indivíduos que desenvolvem algum tipo de atuação cidadã na sociedade, em especial na América Latina, através dos aspectos culturais, políticos e comunicacionais. Reflete sobre as consequências da popularização das ferramentas de tecnologia de  informação, a identificação das formas de expressão entre os públicos acima nominados, sobre as iniciativas de organizações sociais e indivíduos que desenvolvem na prática o processo de conexão cultural e comunicacional, à luz da reconfiguração do contexto global ocorrida desde a Queda do Muro de Berlim, da atual fragmentação dos blocos de poder e do surgimento de processos participativos e comunicacionais de novo tipo a partir do fim do século XX e o princípio do século XXI.O quadro teórico inclui o estudo de Jesus Martín-Barbero, Harry Pross, Paulo Freire, Milton Santos e a escola latino-americana de estudos culturais e comunicação como ambiente de transformação social. A análise do caso da Rede Opción Latinoamérica e de sua coordenadora atual, Opção Brasil, colabora com a apresentação concreta de uma experiência que representa as ideias apresentadas por essa dissertação. Ao final, apresenta os resultados e conclusões de uma pesquisa realizada, que buscou aprofundar o entendimento sobre o vínculo real das questões levantadas por este trabalho e a atuação de pessoas que participam de redes de cidadania em 9 países da América Latina: Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Bolivia, Colômbia, Venezuela, Nicarágua e México.
Palavras-chave: Processos Comunicacionais. Cultura. Redes. Cidadania. América Latina. Ecologia da Comunicação.