A fotografia interpretada como símbolo no imaginário coletivo

Autor: Hector Rodrigo Arias Guiñez
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data: 13/02/2017

Resumo

Este trabalho estudou o papel da fotografia no imaginário coletivo. Resgatou a importância da imagem fotográfica na vida das pessoas, indo além da sociedade imagética contemporânea que atribui à foto o sentido de espetáculo e instantaneidade.
A facilidade da produção e disseminação das imagens contemporaneamente, nos levou a trabalhar com os conceitos de memória e imaginário, e de como a fotografia pode cumprir o papel de comunicação entre gerações e entre grupos sociais. Para tanto foi realizado entrevistas semi estruturadas, com a proposta de identificar como a fotografia está presente na memória das pessoas. Foi produzido também, como resultado das entrevistas, um vídeo-documentário onde se apresenta esta relação fotografia-memória-imaginário coletivo.
Tem-se como resultado dessa pesquisa que as imagens não se esgotam e a fotografia como linguagem é a prova disso.Apesar de vivermos hoje imersos em um excessivo mundo de imagens, as histórias sociais presentes nelas ainda são pouco interpretadas e representam um pequeno fragmento das histórias dos indivíduos em sociedade.

Palavras-chave: Comunicação, Fotografia, Símbolo, Representação Social