O papel dos processos midiáticos de apropriação do trabalho imaterail nas redes sociais

Autor: Paulo Justus
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data:  27/09/2013

Resumo

O presente trabalho estuda os processos midiáticos por meio dos quais as empresas se apropriam do trabalho imaterial nas redes sociais da internet. Para isso, serve -se da base conceitual dos autores que analisam o desenvolvimento mais recente do capitalismo e sua expansão sobre a cultura, o mundo da vida e a intelectualidade de massa. A partir desses textos é possível compreender as mudanças que permitiram a ascensão de uma economia de bens imateriais, destacada da base finita e monetária de bens e mercadorias físicas, transformação que possibilitou a formação de um mercado de trocas simbólicas. Nesse novo cenário, o trabalho também se torna imaterial quando se destina à produção de bens imateriais. Sobre essa perspectiva, são estudados os processos midiáticos, no escopo das estratégias de comunicação das empresas, como uma forma de se apropriar do trabalho imaterial dos próprios consumidores nas redes sociais. O objetivo principal é entender quais conceitos tais estratégias mobilizam além de compreender também se as próprias redes sociais facilitam e impulsionam a apropriação de trabalho imaterial por parte das empresas. Para tanto, o estudo contrapõe a crítica da bibliografia escolhidaa exemplos das empresas do Grupo Buscapé e da startup Printi, ambas empresas ligadas à internet, e da operadora de telefonia móvel TIM , todos escolhidos por meio de entrevistas com os profissionais responsáveis pelas estratégias de comunicação nas redes sociais . Nos exemplos estudados, percebe-se que as estratégias de comunicação consistem na instrumentalização do diálogo com o fim da apropriação do trabalho imaterial. Tais  estratégias mobilizam elementos que vão da lógica do jogo e da configuração de um grupo privilegiado de acesso a um determinado serviço até a produção de conteúdo com o objetivo de obt r visibilidade nas redes sociais.
Palavras – chave: 1. Comunicação. 2. Processos midiáticos. 3. Redes sociais. 4.  Trabalho imaterial.