Alunos de RTVI conhecem bastidores da TV Gazeta

Por: Marcela Schiavon, do Núcleo de Mídias Digitais

Saiba como foi a aula prática

Turma de RTVI visitando as instalações do programa “Todo Seu”, da TV Gazeta, apresentado por Ronnie Von | Foto: Acervo pessoal do Professor Dr. Renato Tavares

Alunos e alunas do 1° ano do curso de Rádio, TV e Internet da Faculdade Cásper Líbero visitaram os bastidores da TV Gazeta. Durante uma aula da disciplina “Tecnologias e Sistemas de Operações em Rádio, TV e Internet”, ministrada pelo Prof. Dr. Renato Tavares, profissionais da emissora acompanharam a visita de casperianos e casperianas às instalações de programas como “Todo Seu” e “Mulheres”, a fim de que as turmas conhecessem o funcionamento por trás das câmeras!

Sobre a inciativa

Segundo o Prof. Me. Roberto D’Ugo, também coordenador do curso de Rádio, TV e Internet da Faculdade Cásper Líbero, a iniciativa surgiu para aproximar cada vez mais as duas estruturas, Faculdade e TV, permitindo um intercâmbio. D’Ugo defende a ideia de que a troca não é apenas realizada com as visitas monitoradas às instalações da TV Gazeta, mas também por meio de oficinas e bate-papos nas salas de aula, quando profissionais de diversos setores da emissora participam das aulas como convidados externos. “Projetos em conjunto também fazem parte dessa estratégia, que é uma oportunidade fantástica de troca de conhecimentos, de contato com profissionais experientes e com recursos técnicos de ponta.”. Ele complementa afirmando que as visitas técnicas são fundamentais para futuros e futuras radialistas, pois a formação na área só é completa se estiver intimamente conectada com ambientes e dinâmicas profissionais de produção audiovisual.

“Não conheço outra escola de comunicação que esteja ligada a um complexo de comunicação como a Cásper, aqui temos duas rádios, uma TV e um grande portal de esportes. O aluno de RTVI da Cásper respira comunicação. Colabora com a Gazeta AM desde o primeiro ano e pode colaborar com o Edição Extra, um programa mensal na TV Gazeta.”. — Prof. Me. Roberto D’Ugo

Turma de RTVI visitando as instalações da TV Gazeta | Foto: Professor Renato Tavares

Marcelo Checchia, Supervisor de Operações da TV Gazeta, comenta que a visita dos alunos do primeiro ano de RTVI da Faculdade Cásper Líbero à TV Gazeta é algo muito positivo. Ele diz também que o estágio em televisão é fundamental para o desenvolvimento e aprendizagem do aluno que tem interesse na área e quer conhecer como funciona uma emissora. O futuro profissional precisa do conhecimento básico de televisão, como operação, e também deve saber sobre o funcionamento de produções jornalísticas, esportivas e de entretenimento. O estágio, afirma Checchia, possibilita a aplicação do conhecimento adquirido em sala e o aprendizado total que só a prática pode lhe dar.

“Na Cásper, alunos e alunas passam a ter contato com o mundo televisivo e, além disso, a TV Gazeta possui equipamentos de captação de imagens e transmissão de ponta, o que torna a visitação das turmas ainda mais interessante, aproveitando assim o potencial de integração dos negócios da Fundação.”. — Marcelo Checchia, Supervisor de Operações da TV Gazeta.

A visão dos alunos

Caio Filhou, aluno do 1º ano de RTVI, conta que a visita monitorada foi uma experiência agregadora: “em termos de aprendizado, vi o quanto tudo é bem organizado (e precisa ser) para que o trabalho, tanto dos diretores, editores e até da galera responsável por arquivar os programas, dê certo”. Ele ainda ressalta que o fato de haver uma emissora no mesmo prédio, que possa abrir as portas aos alunos que estejam com vontade de aprender, é algo que realmente faz diferença na formação. Na visão do casperiano, “tirar dúvidas e pegar dicas com pessoas que realmente trabalham pra valer com uma emissora é muito animador”.

Natasha Rodrigues, também primeiranista, conta que a parte mais legal da visita foi “estar em contato com tudo aquilo que tanto vemos em sala de aula, na prática! É muito mais divertido entrar no estúdio e ver tudo aquilo acontecendo”.

Saindo da sala de aula

“A Cásper Líbero tem esse diferencial de, em um mesmo prédio, bem localizado na região da Avenida Paulista, ter duas emissoras de rádio e uma emissora televisão — em um mesmo complexo (pertencendo à mesma Fundação). A nossa ideia, então, foi tentar aproximar a Faculdade da emissora de televisão, na disciplina ‘Tecnologias e Sistemas de Operações em Rádio, TV e Internet’, presente na nova grade de RTVI.’.” — Professor Dr. Renato Tavares

Turma de RTVI visitando as instalações da TV Gazeta | Foto: Professor Renato Tavares

Segundo Tavares, a matéria explica ao aluno como funciona uma emissora, equipamentos e dispositivos necessários para programas gravados e programas ao vivo. “Sabe-se que muitos conteúdos que essa disciplina aborda só existem em uma emissora, porque apenas emissoras como a TV Gazeta têm profissionais contratados e funcionam quase 24 horas por dia, tendo mais instâncias tecnológicas do que qualquer Faculdade. Então, a gente quis mostrar ao estudante como é uma emissora no ar”.

Cada grupo de estudantes visitou os bastidores da emissora duas vezes, e cada visita durou cerca de uma hora. “Vimos o fluxo de informação dentro da emissora e dos equipamentos que chegam da externa. Para onde os materiais audiovisuais vão, como chegam à ilha de edição, qual é a importância desde a central técnica até o master da programação”, complementa Renato.

Turma de RTVI visitando as instalações da TV Gazeta | Foto: Professor Renato Tavares

Na segunda visita, conheceram as áreas de produção e redação, estúdio e switcher. Então, no mesmo dia, os casperianos e as casperianas conseguiram saber como as imagens e o áudio chegavam e como a equipe trabalhava ali dentro, e também ir até o estúdio para ver, in loco, como tudo funciona atrás das câmeras, tendo em vista que os setores se conversam e como um departamento depende do outro.

“Quase todos os alunos participaram, fizeram muitas perguntas e quase estouramos o tempo de aula. Depois, em sala, eles assistiram mais duas aulas para amarrar o conceito, vendo também bastidores de outras emissoras para entender a diferença entre estruturas e como isso influencia nos equipamentos que elas têm”, reitera o professor.

Por fim, ele acrescenta que também sempre acreditou que, para um aluno da área de Rádio, Televisão e Internet, é fundamental o estágio na área para que conheça o mercado de trabalho e coloque em prática o aprendizado teórico. “Também é muito importante que ele vivencie essa experiência de visita técnica, conheça empresas do mercado e faça contatos com profissionais. E, se consegue ir a uma visita ampla, melhor. É mais fácil para que ele entenda cada área, saiba qual quer seguir e potencialize a chance de conseguir um estágio depois.”.