Projetos Experimentais de Jornalismo

A disciplina Projetos Experimentais convida o aluno a desenvolver experimentalmente a criação e a produção de um produto jornalístico ou uma monografia, inéditos, que possam contribuir com os meios profissionais e acadêmicos aos quais estejam vinculados. Embora se trate de um campo afeito, por natureza, à experimentação, será exigido do trabalho o rigor necessário à sua realização, pressupondo que os alunos estejam aptos a ingressar, formalmente, no mercado de trabalho. Portanto, os projetos devem apresentar nível profissional inconteste. Quando o trabalho não tiver viabilidade comercial, terá que necessariamente demonstrar relevância cultural ou acadêmica.

Um projeto experimental pode seguir o padrão acadêmico ou o padrão jornalístico. Isto significa que o aluno deve optar entre a monografia (em que prevalece a pesquisa científica clássica na área da comunicação e de suas relações com as ciências humanas, as artes e as letras) e a elaboração de um produto de imprensa: jornal, revista, livro-reportagem, site, portal, reportagem multimídia, podcast, programa de rádio ou televisão, documentário radiofônico ou televisivo. Novos formatos são aceitos e bem-vindos, e a Coordenação de Ensino do Curso de Jornalismo e a Supervisão de Projetos Experimentais deverão analisar a proposta feita pelos alunos, sempre em parceria com o professor responsável pela orientação do trabalho.

Clique aqui para acessar o Manual dos Projetos Experimentais de Jornalismo, com informações sobre calendário, pré-projeto, qualificação, banca, entre outras.