Homem ou lenda?

Por: Rafael Sampaio

Considerado o criador do circo moderno, Phineas Taylor Barnum tem sua história retratada no longa O rei do show. O musical mostra a trajetória de vida do empresário, da infância humilde ao estrelato. Conhecido como “golpista” e “mentiroso”, Barnum enriqueceu à custa da ingenuidade dos espectadores, buscando o sucesso e a fortuna a qualquer preço. No filme, a personagem, entretanto, transforma-se em um homem preocupado com o entretenimento das massas, e que tem uma relação afetiva com seus empregados, as estrelas do “circo dos horrores”, o que contrasta com a figura de dono de circo cruel como ele acabou ficando conhecido. P. T. Barnum tinha inúmeros defeitos, que o filme releva em prol mesmo do quê? Vale a pergunta.