Muito além das passarelas

Por: Laís Pacheco

Reconhecida mundialmente como a maior top model de todos os tempos, Gisele Bündchen lançou em novembro do ano passado sua autobiografia – Aprendizados: minha caminhada para uma vida com mais significado – na qual mostra que a trajetória da mulher natural da pequena cidade de Horizontina no interior do Rio Grande do Sul, de onde saiu ainda menina, tem muito mais a oferecer do que somente uma beleza estonteante.

Em um livro dividido em oito capítulos, o leitor se depara uma leitura leve, relativamente curta e recheada de fotos exclusivas. Gisele sai um pouco de trás da cortina de sua vida reservada e conta o backstage detalhado de uma mulher que poucas pessoas conheciam. A impressão que o leitor tem assim que inicia o livro é de que está sentado em uma varanda tomando um café com uma amiga prestes a contar sua história desde a infância.

À medida que Bündchen vai relatando sua vida cronologicamente, a narrativa vai associando tais acontecimentos a lições que esses momentos trouxeram para seu crescimento — daí o título do livro. Mas, apesar de a proposta soar como auto-ajuda, a leitura não transporta o leitor para o âmbito das histórias de superação e de imagens motivacionais. Antes, ela convida o leitor a usufruir diversos momentos de auto-reflexão.