A relação entre comunicação interna e endomarketing: reconfiguração das dinâmicas comunicacionais no contexto das organizações

Autor: Luiz Carlos Santiago
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data:  19/10/2010

Resumo

O objetivo desta dissertação, sob a perspectiva de Comunicação Organizacional, é elaborar e compreender as distinções entre os conceitos de Comunicação Interna e Endomarketing. As frequentes interpretações ambíguas e o sentido intercambiável a respeito desses termos dificultam um melhor direcionamento para as ações desenvolvidas nesse campo profissional. Trata-se de um assunto recorrente tanto no contexto de mercado quanto no ambiente interno das organizações, sobretudo ao analisarmos as mudanças e as transformações ocorridas ao longo da história. Para cumprir esse propósito, a metodologia adotada contemplou uma vasta pesquisa bibliográfica, tendo, por base, o composto de comunicação organizacional integrada, proposto por Margarida Kunsch, o qual contempla a comunicação interna. Por ser necessária uma análise do conceito de marketing, a referência principal para o tema foi Philip Kotler, incluindo ainda autores como Mitsuru Yanaze e Raimar Richers. Entre as reflexões alcançadas, constatou-se que a comunicação interna, como prática, é a que promove interação e cria condições para o diálogo. O endomarketing, por sua vez, representa, enquanto filosofia, o desejo de que o público interno esteja satisfeito e motivado e que, com isso, promova esforços capazes de proporcionar ambientes mais produtivos.
Palavras-chave: comunicação organizacional; comunicação interna; endomarketing