Artes Marciais, Mídia e Espetáculo: Um estudo compreensivo das artes marciais mistas

Autor: Everton de Brito Dias
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data: 30/09/2016

Resumo

Esta dissertação tem por tema a midiatização e espetacularização das artes marciais, ou como estas vêm acentuadamente se tornando um produto da indústria cultural, e, por objeto, as artes marciais mistas, o MMA (do inglês mixed martial arts) nessa mesma relação com a mídia. A questão central tem a ver com os modos como mídia e espetáculo estão incidindo, hoje, no mundo das artes marciais. O objetivo geral é o de mostrar, por meio de diversas facetas, produtos e acontecimentos, como esse processo se evidencia no caso específico das artes marciais mistas. Outros objetivos são o de elucidar a relação entre o cinema e o surgimento do MMA e algumas das diferenças mais importantes entre a filosofia das artes marciais históricas e delas enquanto produtos midiáticos. Também, pretende-se perceber o espetáculo numa visão complexa e compreensiva, ou seja, não só no sentido da crítica negativa ao espetáculo em sua vinculação com o mercado, mas também do espetáculo como realidade social e como direito. Como principais referenciais teóricos, trabalha-se com Zygmunt Bauman e a metáfora da modernidade líquida; da Escola de Frankfurt, interessa a visão benjaminiana da democratização da cultura intermediada pela cultura de massa, ou Indústria Cultural, como dela falam Adorno e Horkheimer; Debord e a sociedade do espetáculo; o espetáculo da mídia e a multiperspectividade de Kellner; Huizinga e o seu conceito de Homo ludens; Yvana Fechine e o conceito de estesia; e, ainda, Campbell e Vogler com seus estudos sobre o lugar e os significados do mito, Norbert Elias e as mudanças nas formas de exercício da agressividade no processo civilizador. Outros aportes assumem a leitura da comunicação a partir do corpo, proposta por Kamper e Baitello Junior, o pensamento complexo de Morin e o pensamento compreensivo, na linha das investigações desenvolvidas no âmbito do grupo de pesquisa “Comunicação, Diálogo e Compreensão” e do projeto “A Compreensão como Método”, da Faculdade Cásper Líbero, em parceria com a Universidade de Antioquia, de Medellín, na Colômbia. Metodologicamente, o estudo dos referencias teóricos se faz lado a lado com a observação atenta, a análise e entrevistas relacionadas à programação do “Canal Combate”, ao filme “Mais Forte que o Mundo: A História de José Aldo” e à poderosa organização UFC (Ultimate Fighting Championship). Este é um trabalho do programa de Pós-graduação em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero, na linha de pesquisa “Produtos Midiáticos: Jornalismo e Entretenimento”.

Palavras-chave: Comunicação. Produtos midiáticos. Midiatização. Espetacularização. Artes Marciais Mistas. Compreensão como Método.