Mídia e narrativas míticas brasileiras – O caso do programa “Catalendas” da TV Cultura do Pará

Autor: Gabriel Lage da Silva Neto
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data:  16/12/2010

Resumo

Esta dissertação investiga a presença e força do mito no cotidiano, ressaltando a importância fundamental da compreensão da mitologia para a vida humana e para a própria vida do planeta. Analisam-se, num segundo nível, seguindo os princípios de uma epistemologia de tipo compreensivo, a presença e força de elementos do campo da mitologia na produção dos grandes meios de comunicação. As teorias de autores como Joseph Campbell, Mircea Eliade, Karen Armstrong, Christopher Vogler e outros auxiliam nessa compreensão. E criam o espaço teórico necessário para o estudo do programa Catalendas, exibido pela TV Cultura do Pará e, mais ainda, para uma análise em profundidade de episódios específicos desse programa. O Catalendas caminha na contramão do modo costumeiro de ver e tratar a sabedoria mítica dos povos pela mídia.O objetivo  principal é questionar uma visão de mito que, na esteira do pensamento reducionista e cientificista, o transforma em histórias sem maior interesse para a compreensão do mundo e do lugar que nele ocupa o ser humano. As narrativas míticas – como se defende nesta pesquisa – constituem um dos esforços humanos possíveis na contínua tentativa de reorganização do caos e de garantia, não só de conhecimento, mas
da própria sobrevivência da humanidade.
Palavras-chave: Comunicação. Produtos Midiáticos. Mito. Mídia. Catalendas. Compreensão.