O animal político midiático: imagens e representações na política contemporânea

Autor: Gabriel Leão Augusto Costa Santos Nascimento
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data:  22/03/2012

Resumo

Dentro da política surgiram com a ascensão da Sociedade do Espetáculo participantes oriundos dos meios de comunicação. Homens e mulheres atuantes na política são conhecidos como “animais políticos”, e com a eleição ao governo da Califórnia e posteriormente à Presidência dos EUA de Ronald Reagan, ex-ator de cinema, surgem os “animais políticos midiáticos”. O objeto de estudo é o “animal político midiático” que encontra representantes no astro hollywoodiano Arnold Schwarzenegger e nas ex-apresentadoras Marta Suplicy e Soninha Francine sendo o primeiro dos EUA e a dupla feminina do Brasil, mas outros exemplos são citados. Esses novos membros da política exemplificam as relações entre as esferas política, midiática e econômica que em alguns momentos interagem com força. O líder político para tirar melhor proveito das situações procura de antemão conhecer o terreno que pretende desbravar e/ou dominar, tanto que alguns adquirem concessões de rádio e TV além de manter amizades com celebridades, jornalistas, atores de novela, magnatas da mídia e intelectuais. A mitologia foi absorvida pelo marketing e o político atual assim como os da Antiguidade e Idade Média assume um fator de mito em sua jornada para que facilite sua “venda” como produto que os métodos atuais de comunicação potencializam e em alguns momentos pervertem. Durante as campanhas eleitorais tais relações se intensificam tornando-se até beligerantes. Dialogam no texto autores como Maquiavel, Ianni, Debord, Schwartzenberg, Haug, Lasch, Campbell, Tchakhotine, Martinez, Goebbels, Bordieu, Huizinga e Klein buscando compreender como se comporta esse novo “animal” na fauna e seus possíveis rumos.
Palavras-chave: Política; Comunicação; Espetáculo; Animal Político; Mídia.