Estratégias de referencialidade à política cotidiana no Facebook

Por: Marcelo dos Santos

Revista Comtempo

Revista Eletrônica da Pós-Graduação da Cásper Líbero – ISSN 2176-6231
Volume 7, nº 3 – set./dez. 2015

Resumo
Este artigo dedica-se à conceituação da rede de oposição radical ao governo federal no Facebook. O objeto proposto reúne centenas de páginas que mobilizam discursos hostis contra agentes da base aliada de situação. Propõe-se uma tipologia de análise dos subgrupos e um procedimento metodológico para se realizar pesquisas de comunicação política no Facebook. Sugere-se que as fan-pages empregam de estratégia discursiva de revolta e de ressentimento, fazendo referência às expressões e às experiências políticas do cotidiano como forma de se conectar e de dialogar com o público. Para isso, investiga-se um escopo teórico multidisciplinar para definir o conceito de política cotidiana.

Palavras-chave
Comunicação Política. Mídias Sociais. Oposição Radical. Cotidiano.

Leia o artigo completo.