Megaeventos esportivos: disputa entre informação e espetáculo

Por: Camila Simões, do Núcleo de Mídias Digitais

7 de junho de 2018 (quinta-feira), no Teatro Cásper Líbero

A comunicação nos Megaeventos Esportivos. Informação ou espetáculo? A tradição e as novas tecnologias. Audiência e novos mercados.

Após uma década iniciada com os Jogos Pan-Americanos Rio 2007 – passando pelos Jogos Mundiais Militares Rio 2010, pela Copa das Confederações 2013, pela Copa do Mundo da Fifa de 2014 e Jogos Mundiais Indígenas Palmas 2015 – e encerrada com o término dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, um amplo escopo de estudos foram e continuarão sendo desenvolvidos no que concerne aos impactos e contribuições desse ciclo de atividades ligadas ao mundo esportivo para a área de comunicação e áreas interconectadas.

Esse evento propõe oferecer um espaço para a reflexão e apresentação de resultados sobre a influência desses megaeventos no que se refere ao contexto atual da comunicação social.

Inscrições: Envie previamente um e-mail com seu nome completo, RG e RA/Turma (caso seja aluno) para [email protected]. Feito isto, aguarde a confirmação de sua inscrição

 

Programação:

14h – Mesa 1: Lançamento da Revista Communicare edição 18.1 – Dossiê Legado Comunicacional dos Megaeventos Esportivos

Os editores do dossiê comentarão os artigos publicados nessa edição da revista.

Participantes:

Eric de Carvalho –  Professor doutor e coordenador do Centro Interdisciplinar de Pesquisa (CIP) e professor do curso de Marketing e Comunicação Publicitaria da pós-graduação da Faculdade Cásper Líbero.

Anderson Gurgel – Professor doutor em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), desenvolve pesquisa sobre as relações entre comunicação, esporte e economia, com particular interesse para os aspectos espetaculares e imagéticos do desporto. É professor de cursos de Comunicação Social da Universidade Presbiteriana Mackenzie e do Centro Universitário Belas Artes. Co-editor da Revista Communicare dossiê “Megaeventos esportivos”.

Ary Rocco – Professor doutor da Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo (EEFE/USP). Líder e fundador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Marketing e Comunicação no Esporte (GEPECOM) da EEFE/USP. Presidente da Associação Brasileira de Gestão do Esporte (ABRAGESP), Diretor da Asociación Latinoamericana de Gerencia Deportiva (ALGEDE) e representante regional da World Association for Sport Management (WASM). Co-editor da Revista Communicare dossiê “Megaeventos esportivos”.

 

15h00 – Mesa 2: Jornalismo esportivo

Grandes nomes da comunicação no esporte debatem os desafios atuais e futuros para o exercício da profissão em um cenário que alia interesses políticos, culturais e econômicos distintos.

Participantes:

Erick Castelhero – Editor Executivo da Gazeta Esportiva, Presidente da ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo).

Paulo Calçade – Comentarista esportivo da ESPN Brasil e professor-convidado da disciplina jornalismo esportivo do curso de Esporte da USP. Cobriu as Copas do Mundo de 1998, 2006, 2010 e 2014.

Rodrigo Capelo – Jornalista especializado em negócios do esporte e marketing esportivo, foi repórter e editor da Máquina do Esporte e repórter da Época Negócios.

 

16h30 – Mesa 3: A nova cara da comunicação no esporte

Jovens comunicadores em ascensão falam sobre suas carreiras na área de comunicação e esporte, seus primeiros passos, perfil do comunicador em comunicação e futuro de sua atividade.

Participantes:

Lívia Laranjeira – Jornalista esportiva da rede Globo e Sportv. Formada em jornalismo pela Cásper Líbero.

Luana Maluf  – Formada em Relações Públicas, é blogueira do ESPN FC, influenciadora digital da ESPN e dona do canal de Youtube ‘1×0 Feminino’.

Nagila Luz – Colunista do Santos no Torcedores.com e na Santos FC Magazine.

Sergio Arenillas – Jornalista esportivo do Sportv. Formado em jornalismo pela Cásper