Mesa 1 – A liberdade de imprensa nos tribunais e nas redações

Pesquisa: A tesoura do juiz: A censura judicial à imprensa brasileira

Autor: Silvio Henrique Barbosa

Horário: 8h30

Resumo: A pesquisa analisa a forma de censura mais presente hoje na imprensa brasileira, a judicial, decidida pelos juízes a pedido de pessoas que querem impedir a circulação de notícias que consideram depreciativas a seu respeito.
O Supremo Tribunal Federal analisou diversos casos recentes concluindo pela não possibilidade da censura prévia, reforçando que a correção, se for necessária, deve ser posterior à divulgação, com o pagamento de indenização, pedido de desculpas e apresentação da correção da notícia errada, no mesmo espaço dado à acusação.

Palavras-chave: Imprensa; censura; liberdade de expressão; justiça; informação.

Mini currículo: Professor Titular da Cásper Líbero e Prof. da ESPM, Doutor em Comunicação e Mestre em Direito da Comunicação, ambos pela USP, advogado e jornalista com 24 anos de trabalho em redes de TV no Brasil e nos Estados Unidos (CBS).

 

 

Pesquisa: Tendências da posição e a atuação dos dirigentes da área editorial de empresas jornalísticas

Autora: Magaly Parreira do Prado

Horário: 8h50

Resumo: O objetivo desta pesquisa é pensar as tendências da atuação dos dirigentes da área editorial na administração das empresas jornalísticas, frente às mutações tecnológicas pelas quais o jornalismo passa na era digital. Nessa perspectiva, os desafios recaem sobre a pertinência de se adotar novos negócios. O modelo para a comunicação deve ser gerado em decorrência da tomada de novas posturas por lideranças das redações. Experimentos, ajustes de estrutura, linguagem, postura, técnicas de redação, entre outros aspectos, compõem a base sobre a qual é preciso lançar análises para entender práticas de adaptação ao atual ambiente de circulação de informação.

Palavras-chave: Administração; Novas tecnologias; Tecnologias digitais; Era digital; Empresas jornalísticas.

Mini currículo: A jornalista Magaly Prado é Doutora em Comunicação e Semiótica e Mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital, ambas pela PUC-SP. Pós-graduada em Comunicação Jornalística pela Faculdade Cásper Líbero e graduada pela mesma instituição em Jornalismo, onde é professora de Produção de Rádio. Ministra aulas na pós-graduação em Tecnologias Digitais e Autorias na Rede (extensão) na PUC-SP e é professora de Webjornalismo na ESPM-SP, onde dirige o programa de TV “Linkados na Área”. É autora dos livros: Produção de Rádio – Um Manual Prático (2006, ed. Campus/Elsevier), Webjornalismo (2011, ed. GEN/LTC), História do Rádio no Brasil (2012, ed. Livros de Safra) e coordena a coleção “ Introdução ao Jornalismo” , da editora Saraiva, desde 2009 com seis volumes.

 

 

Pesquisa: Jornalismo enquanto política: a defesa da modernização da Alemanha por Karl Marx entre 1842 e 1843

Autor: Evandro de Carvalho Lobão

Horário: 9h10

Resumo: Essa pesquisa refere-se ao jornalismo enquanto política; tomamos como objeto de investigação os artigos jornalísticos escritos por Karl Marx entre 1842 e 1843, em que esse autor faz a defesa da modernização da Alemanha (disponíveis em edições cuidadosas de sua obra). Os problemas de pesquisa são: identificar as características do “projeto” então defendido por Marx e a importância que Marx atribui às ideias para a disputa política. Metodologicamente, trabalhamos na perspectiva do estruturalismo genético, que aborda os produtos da cultura em seu contexto social, político e histórico mais amplo.

Palavras-Chave: liberdade; imprensa; Alemanha; Gazeta Renana; Marx.

Mini currículo: Evandro de Carvalho Lobão é doutor em Educação (pela USP, desde 2011), além de bacharel em Filosofia (USP, 2005) e em Economia (UNESP, 1996). Privilegia como questões de pesquisa, na perspectiva do chamado paradigma do trabalho: a relação entre democracia, ideologia e verdade; e a relação entre Educação, Economia e Política no Brasil Contemporâneo. Atua como Professor Assistente-Doutor da disciplina Metodologia do Conhecimento Científico (da Sociedade) na Faculdade Cásper Líbero. Pesquisador, membro do Grupo de Pesquisa em Trabalho e Educação da FE/USP (Faculdade de Educação da USP), e Docente-Pesquisador, integrante do Centro Interdisciplinar de Pesquisa da Faculdade Cásper Líbero.