RP na minha prática – Bárbara Sototuka

Por: Faculdade Cásper Líbero

Depoimento da aluna Bárbara Sototuka, 3ºRPC.

Bárbara Sototuka, 3ºRPC,
estagiária da Nielsen
 

Entrei na Cásper em 2011, já pensando em trabalhar com eventos. No primeiro ano, tive apenas matérias básicas que me permitiram ter uma ideia maior de como o ser humano é complexo e como um profissional de relações públicas precisa ter um mínimo de conhecimento do homem, para assim poder ajudar as empresas a se comunicarem com seus públicos. 

No primeiro semestre do segundo ano, comecei a mandar currículos para conseguir um estágio, tentei filtrar por empresas que trabalhassem em eventos, mas arrisquei a mandar para outros tipos de organizações, para ter pelo menos a experiência. Participei de alguns processos seletivos e, em abril de 2012, consegui um estágio na Nielsen, que é uma empresa de pesquisa de mercado, global, presente em mais de 100 países. Realiza pesquisas de vários mercados, como audiência, consumo, internet, telefonia, música, esportes, cinema e livros. No Brasil, sua principal atuação é no mercado de consumo de massa, acompanhando o que se vende no varejo, tanto em alimentos quanto em limpeza caseira e higiene e beleza. Também atua em outros mercados brasileiros, como auditoria de livros, esportes, internet e telefonia celular.  Em linhas gerais, o trabalho da Nielsen auxilia as empresas a entenderem o desempenho de suas marcas e, com isso, planejar suas estratégias de mercado. 

Nos primeiros meses é difícil até entrar no ritmo de estágio e faculdade e, também, por participar de diversos treinamentos para entender o que a Nielsen faz. Com o tempo fui envolvida em mais ações da empresa, como formulação de e-mail marketing, aprovação no planejamento de mídias sociais, ajudar a assessoria de imprensa, produção de eventos, planejamento de campanha de vendas, implementação da nova identidade visual, entre outras tarefas. O contato que tive com eventos me ajudou a perceber que é um meio que eu trabalharia, mas o contato que eu estou tendo com comunicação corporativa está me surpreendendo (positivamente) e colocando em dúvida se trabalharia apenas com eventos.

Após um ano de estágio e muito aprendizado na faculdade percebo que a dúvida sobre qual área de atuação seguir não existe mais. A cada dia, na Nielsen, percebo que trabalhar em escritório não é ruim como eu pensava e, que eventos é uma das ferramentas que a empresa precisa ter, assim, posso auxiliar em várias frentes ao mesmo tempo.

Após esse tempo de faculdade e estágio, percebo o quanto me acrescentou todo o aprendizado que tive até agora e ainda terei. Hoje tenho uma visão mais clara sobre o quanto um profissional de relações públicas é importante para as empresas e tenho mais claro quanto posso contribuir para as empresas.