Revista Cásper

logo_revista_casper

Edição atual

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Revista Cásper – Nº 22 – Setembro 2017

Editorial

A teoria e a prática 

Contar boas histórias é um mantra repetido à exaustão por profissionais da Comunicação. Seria uma espécie de Shangri-La, a promessa de um mundo novo para dar conta do caos que a inter¬net provocou na área comunicacional. Uma nova propaganda tem de passar uma mensagem bacana, dizem. Já uma reportagem im¬pressa, digital, radiofônica ou televisiva não pode abrir mão de bons personagens, fontes e dados estatísticos. Num evento, o palestrante é treinado a transmitir um recado por meio de histórias envolventes. Esta é a teoria.

A prática nos conta outra história, e ela não é necessariamente bonita. Há uma legião de pessoas se tornando influenciadores digi¬tais, que ganham muito bem para falar de qualquer assunto e, às ve¬zes, de qualquer jeito. Empresas estão desesperadas atrás deles para estrelarem campanhas publicitárias mais, digamos, “reais”.
Um jovem que frequenta um curso de comunicação poderia estar imaginando que valeria mais a pena apostar numa carreira de in¬fluenciador digital, mas a verdade é que ele só pensa em seu estágio. Voltado para complementar a formação profissional e educacional, o estágio tem se tornado cada vez mais cobiçado pelos alunos, ao mesmo tempo em que vira uma mão de obra barata para os setores público e privado.

A revista CÁSPER que tem em mãos se propõe a refletir sobre esses temas atuais. As duas reportagens principais servem de convite para a leitura de outras saborosas histórias, como os desafios enfren¬tados pelos repórteres de guerra, os nomes que viram moda por causa das novelas, o fenômeno das distopias e como os curadores são peças¬-chave para os festivais de cinema. Um infográfico, em especial, me¬rece ser citado aqui. Ele mostra a constelação dos teóricos da Comu¬nicação, os autores de obras referenciais. Eis uma forma criativa de contar uma boa história que nossa heróica equipe presenteia a vocês.

Eduardo Nunomura
Editor-chefe