Revista Cásper

logo_revista_casper

Edição atual

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Revista Cásper – Nº 26  – Janeiro 2019

Editorial

Focada em comunicação, a Revista Cásper, com publicação quadrimestral, procura trazer temas inovadores e atuais sobre o mercado de trabalho e sobre o universo das mídias. Estamos agora também em formato digital. Confira aqui o site.

COMO EXPLICAR 2019

Para muitos jovens, inclusive os calouros que agora ingressam em uma nova e inspiradora jornada universitária, as eleições do ano passado representaram os primeiros votos de suas vidas. Pesquisas acadêmicas nas Ciências da Comunicação e Ciência Política já estão sendo feitas em busca de explicações sobre a influência das redes sociais nos resultados das urnas. E ninguém melhor que os mais novos para falar quando o assunto é Facebook, Twitter, Instagram e WhatsApp.

A presente edição da revista CÁSPER, publicação que tem como missão discutir os principais temas comunicacionais da atualidade, traz um conjunto de reportagens exploratórias sobre a política e também sobre o ambiente digital. Os repórteres Larissa Basilio e Pedro Garcia, por exemplo, foram desafiados a descobrir como foi possível se informar com ou sem redes sociais durante a campanha eleitoral. As intrigantes descobertas dessa experiência da dupla podem ser conferidas a partir da página 10.

À primeira vista, a reportagem de capa sobre o dono da Amazon poderia soar distante das nossas preocupações editoriais. Mas as movimentações de Jeff Bezos, o homem mais rico do planeta, com empresas de comunicação devem ser observadas de perto e por todos nós. O que as gigantes tecnológicas mais desejam é ter acesso a nossos dados e informações pessoais e, a partir deles, gerar novos negócios. O segmento do audiovisual, com plataformas como Netflix, HBO e Amazon Prime, já faz isso muito bem, captando a atenção de milhões de pessoas diariamente e lucrando bilhões de dólares. O jornalismo com o Washington Post, comprado por Bezos, começa a adentrar nesse universo e a dica é acompanhar e estudar como a informação está sendo trabalhada por um dos mais tradicionais jornais do mundo, como recomenda a editora Paula Leal Mascaro, que foi fundo na apuração deste perfil.

Uma vez finalizada a edição, bastante plural e diversificada, ficamos com a boa impressão de ter lançado algumas luzes no que está por vir. E, para muitos de nós, 2019 é um ano que vai precisar de muitas explicações. Esperamos ter contribuído para o bom debate.

Boa leitura!

EDUARDO NUNOMURA

Editor-chefe