São Paulo vista por sergipanos: a influência da mídia

Autor:Carlos Herminio Sobral Oliveira
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data: 15/09/2010

Resumo

A influência midiática é tão forte que é capaz de alterar o imaginário das pessoas. No caso desta dissertação, a imagem de São Paulo para os sergipanos é colocada em voga, e analisada segundo aspectos como só conhecer a maior cidade do Brasil através da televisão. Entre os programas que causam maior influência na sociedade sergipana, estão o “Brasil Urgente” e o “Jornal Nacional”, que diariamente apresentam uma imagem da realidade de São Paulo muitas vezes distante da realidade efetivamente vivida pela população. Tanto que, nas entrevistas feitas com os sergipanos neste trabalho (os que moram em Sergipe, os que vivem em São Paulo e aqueles que só vieram a turismo), constatou- se uma visão diferente entre os que só conhecem São Paulo pela mídia e os que já tiveram um contato real com ela. Isso é resultado do estreitamento da relação entre o jornalismo e o espetáculo, na sociedade moderna. Esta sociedade, marcada por transformações da contemporaneidade, seja ela de ordem tecnológica ou cultural, consome e financia tal estilo de vida voltado para a imagem espetacular. Na busca pela audiência, telejornais impulsionados pelo sensacionalismo, como o “Brasil Urgente”, ignoram valores éticos, exploram problemas sociais, e os apresentam de uma forma melodramática, pré-produzida e maquiada, deixando de lado valores da essência do jornalismo que teoricamente prioriza o conteúdo da informação. Este estudo segue a linha da análise da sociedade do espetáculo iniciada por Guy Debord, destaca idéias e valores do autor Zygmunt Bauman no que diz respeito à modernidade e reflete sobre aspectos como o papel da publicidade e da ética neste processo, respectivamente, nas linhas teóricas de Leandro Marshall e Maria Rita Kehl, entre outros.
Palavras-chave: jornalismo; espetáculo; mídia; imagem; sociedade.