Telejornalismo vespertino: a violência na mídia

Autor: Luiz Paulo Alves Rodrigues
Tipo de produção: Produção científica
Classificação: Dissertação/Tese
Data: 17/05/2010

Resumo

Este trabalho estuda um gênero de telejornalismo que tem como principal temática a violência, o Jornalismo Vespertino. Para isso, primeiro é abordada essa temática social e se apresenta as diversas formas com que esse fator é veiculado nas mais diferentes mídias. Na seqüência, há uma discussão teórica sobre a atuação da mídia na sociedade capitalista, com sua característica de produtora comercial de cultura, defensora de uma ideologia e participante do controle social das camadas dominadas da sociedade. Ainda há uma outra reflexão, que relativiza toda essa temática, por observar a presença da cultura popular no telejornalismo vespertino como forma de negar essa imposição desenfreada de controle da classe dominante, com suas formas e doutrinas colocadas para a vida cotidiana. Ainda se segue outra discussão sobre a legislação brasileira quanto ao texto constitucional que regula a ação dos meios de comunicação. Após toda essa reflexão, é apresentada uma análise prática do telejornal vespertino escolhido como objeto de estudo, o Brasil Urgente. O relato encontrado aborda cinco dias seguidos de gravações desse telejornal, analisada em duas partes, a primeira como descritiva e analítica de pontos conotativos e, a segunda, um aprofundamento da discussão teórica anterior com pontos objetivos levantados nestas gravações.
PALAVRAS-CHAVE: Produtos Midiáticos, Telejornalismo Vespertino, Discurso Midiático, Violência, Brasil Urgente.