A comunicação interna a favor das organizações

Por: Ricardo Nóbrega, da Assessoria de imprensa da FCL

valoreconomico2

 

Disseminar e influenciar ideias são os principais desafios para o profissional responsável pela comunicação interna de qualquer empresa. Com a atual situação econômica do País, o tema vem ganhando cada vez mais destaque: como falar de uma eventual crise? Como torná-la positiva?

Especialista no assunto, a professora casperiana Viviane Mansi conhece bem este mercado. No próximo dia 21 de maio, ela irá lançar sua segunda publicação sobre o tema, o livro “Comunicação, Diálogo e Compreensão nas Organizações”. Além de docente, Mansi trabalha em empresas que acreditam na comunicação interna como ponto de ligação entre corporação e colaborador. “Estar nos dois lados exige disciplina e jogo de cintura para acomodar os compromissos, mas sempre busquei estar em empresas que valorizam o conhecimento e querem se antecipar aos movimentos de mercado”, explica.

Muitas empresas ainda utilizam o setor de Recursos Humanos como fonte de informações para os funcionários, o que para a professora não é errado. “Do ponto de vista de carreira para o profissional de comunicação, acho que faz mais sentido que ele esteja numa área de comunicação corporativa (caso exista uma), mas não podemos desconsiderar que estar dentro de RH traz muitas vantagens, como participar de fato das questões que mais afetam as pessoas”.

Para Viviane, o ideal é que o profissional que deseja ingressar ou se aprimorar na área participe de grupos de discussão em torno do tema e que se dedique a entender cultura organizacional, além, é claro, conhecer profundamente o seu negócio. “Criar pontes entre as necessidades da empresa e os interesses dos empregados é um primeiro passo importante para fazer um bom trabalho nessa área”, aconselha.

Além da especialização, a Cásper Líbero oferece cursos voltados para o segmento. No mês de julho, a faculdade irá realizar a primeira edição do curso “Comunicação com Empregados – Avançado”.