PROCESSO SELETIVO 2024 Fechar
Campus 04

Casperiana voluntária na Campus Party /  Crédito: Clact Zoom

A 8ª edição da Campus Party, feira especializada em tecnologia, aconteceu na semana de 3 a 8 de fevereiro, na São Paulo Expo . Alguns alunos da Cásper Libero participaram do evento como voluntários, operando câmeras, switches e streaming.

A Clact Zoom, produtora experimental de RTVI, foi à feira acompanhar o trabalho dos Casperianos e as principais atrações da Campus Party. A participação da Faculdade Cásper Líbero em um evento dessa magnitude mostra que o nome dos alunos e da instituição está sendo levado para o mercado de trabalho, comentam os monitores.

A equipe da Clact Zoom nunca tinha participado da Campus Party, embora tivessem interesse em conhecer o evento. A principio, apenas dois monitores se apresentariam na feira com a credencial de imprensa, mas Roberto D’ugo, o coordenador do curso de RTVI,  conseguiu mais uma credencial e um convite para “campuseiro”, como são conhecidas as pessoas que acampam no local do evento.

Clara Nonato, Danilo Carvalho, Paula Tramontano e Paulo Vita ficaram no evento de terça a sexta-feira, revezando-se entre quem iria gravar, editar o material produzido e descansar.

Campus 01

Produtores da Clact Zoom entrevistam Paul Zaloom, de O Mundo de Beakman / Crédito: Clact Zoom

Paulo foi o escolhido para acampar e captar a experiência de ser um campuseiro durante 24h.  Para o monitor, essa experiência foi ótima, mas confessa: “para as minhas costas não foi tão legal”. Passando a madrugada na Campus Party, Paulo teve a oportunidade de conhecer várias pessoas e descobrir como elas improvisavam para dormir e comer, “aquele lugar não para”, acrescenta.

Os Casperianos estavam trabalhando na Campus TV, canal de transmissão oficial do evento, no qual eram transmitidas as palestras, workshops e outros acontecimentos da feira. Para Paula era visível que os alunos voluntários também estavam se divertindo durante o trabalho, “eles aproveitaram o evento com outro olhar”, conta. Apesar da dificuldade de conseguir entrevistá-los, pois estavam sempre entre uma palestra e outra, os Casperianos compartilhavam da mesma energia que os monitores, como comenta Paulo: “estávamos todos meio animados e cansados ao mesmo tempo, então nos entendíamos”.

A aluna Letícia Espíndola, do 2º ano de RTVI, contou que durante os treinamentos para trabalhar no evento aprendeu muitas coisas, como, por exemplo, a utilizar o WireCast,  programa de streaming.  “O mais interessante do evento é a forma jovem com que são abordados diversos assuntos ligados à Internet, informática e tecnologia em geral”, explica.

Danilo afirma que assumiram a cobertura da Campus Party como marco zero da Clact Zoom. Por conta do evento tiveram uma convivência bastante intensa e descobriram que a individualidade de cada um, reunida, resulta em bons frutos.

 

Confira a participação dos Casperianos: