Na última segunda-feira (16), em celebração aos 75 anos da Cásper Líbero, os alunos da graduação do curso de jornalismo receberam o jornalista Alan Severiano, âncora do SPTV1, da TV Globo, para debater sobre qual o papel do comunicador. O encontro, que aconteceu no Teatro Cásper Líbero, foi mediado pelo Prof. Me. Julio César Fernandes.

O jornalista contou um pouco sobre sua trajetória na comunicação e relembrou quais foram os desafios de atuar na profissão durante a pandemia coronavírus.

“Eu lembro que no começo foi desafiador, era um compromisso diário. Mas, foi bonito de ver a união dos jornalistas no consórcio de veículos de imprensa, todos empenhados em noticiar o número de casos e mortes para população. Isso não é uma tarefa fácil, lembro que no começo, logo em umas das primeiras semanas, fiquei muito mal mentalmente vendo toda essa situação, tive que pedir dois dias de folga. Você vai vendo aquele monte de números e se toca que são pessoas, vidas, uma família, o familiar de alguém. Porém, bom que estamos bem agora e vacinados”.

O âncora do jornal SPTV1 destacou qual o perfil de profissional que é cobrado atualmente no mercado de trabalho e deu dicas sobre como se desenvolver na área.

“Um bom jornalista precisa ser ético, compromissado com a realidade, fatos, respeitar os outros, saber ouvir sempre e estar comprometido em comunicar. Nosso trabalho é importante, pois assim as autoridades podem tomar as melhores decisões a partir dos fatos que você testemunhou, narrou ou apurou”.

Severiano também falou sobre a importância de cultivar relações profissionais no jornalismo, além de dar dicas sobre como se desenvolver na profissão.

“Eu acho que é importante se dedicar muito, ler bastante, escrever mais ainda, é fundamental fazer fontes, a cada conversa você tentar estabelecer relações. Ter fontes é importante para estar cercado por pessoas que podem te passar informações relevantes. No nosso dia a dia é necessário estar em contato com bastante especialistas, então, acho necessário sempre tentar conhecer aquela pessoa, em um momento de apuração urgente ela pode te ajudar”.

Por fim, ressaltou:

“Trabalhar muito, sugerir mais ainda, ser antenado, estar de olho no que está acontecendo no mundo. E se dispor ao trabalho. Claro, sempre acho que na vida é necessário ter um pouquinho de sorte, mas é importante também você saber abraçar oportunidades. Sendo ético e vinculado com o interesse público, você será um ótimo jornalista”.

Foto: Nicole Mingoranci