Odiar Romero Britto é fácil

Por: Natália Favrin Keri

Revista Comtempo

Revista Eletrônica da Pós-Graduação da Cásper Líbero – ISSN 2176-6231
Volume 8, nº 1 – jan./abr. 2016

Resumo
O artigo tem como objetivo investigar as representações sociais acionadas na discussão sobre o relacionamento entre as culturas erudita e de massas no campo artístico atual. O ponto de partida é a leitura atenta de duas reportagens sobre artes visuais publicadas no caderno Ilustrada do jornal Folha de S. Paulo, textos que têm como temática central as intersecções entre estas duas modalidades culturais, a saber “Baixa performance alta” (11 set. 2013) e “Odiar Romero Britto é fácil” (3 mai. 2015). Os textos jornalísticos, construídos na confluência entre os campos comunicacional e estético nos dias atuais, permitem a investigação sobre os fenômenos sociais da construção do gosto. O trabalho filia-se aos estudos da produção comunicacional que utilizam a ótica e o método da análise do discurso.

Palavras-chave
Jornalismo cultural. Análise do discurso. Cultura de massas. Cultura Erudita. Gosto.

Leia o artigo completo.