Eventos



0

“Fora Dilma!”: panelaço, ação política e incivilidade online Ana Cláudia de Souza Inez – UFMG Resumo A manifestação durante fala da presidente Dilma no Dia Internacional da Mulher, ficou mais conhecida como panelaço e repercutiu nos principais veículos de comunicação e nas redes sociais digitais. O presente artigo busca apreender as especificidades do comportamento dos […]


0

“Odiar Romero Britto é fácil”: a relação entre culturas erudita e de massas no caderno Ilustrada da Folha de S. Paulo Natália Favrin Keri – USP Resumo O artigo tem como objetivo investigar as representações sociais acionadas na discussão sobre o relacionamento entre as culturas erudita e de massas no campo artístico atual. O ponto […]


0

A escrita como imagem na comunicação corporativa interna Anelisa Furquim – Cásper Líbero Resumo Este artigo se propõe a analisar como a escrita, na contemporaneidade, pode ser acompanhada de outros elementos visuais para melhor compartilhamento de informações na comunicação corporativa interna. O tempo acelerado e a sedação versus o tempo lento e a reflexão propõem […]


0

Perspectivas Queer: autoria e narrativas da contemporaneidade sobre gêneros e sexualidades Gean Oliveira Gonçalves – USP Resumo Entre os discursos e enunciados de sentido do mundo contemporâneo, as narrativas sobre gêneros e sexualidades dissidentes instauraram novas reflexões, descontruções e conceitos que envolvem os marcadores sociais de diferença. Tal pesquisa quer questionar os modos como se […]


0

A presença da astrologia nos meios de comunicação Ana Cristina Vidal de Castro Ortiz – Cásper Líbero Resumo Autores como Edgar Morin, Malena Contrera e Claude Fischler fornecem elementos que permitem compreender a presença da Astrologia na mídia. Com a ajuda de Norval Baitello Júnior pode-se notar que o horóscopo reduz e simplifica a Astrologia, […]


0

Ruptura da normalidade ou construção de atualidade? Tensionamentos entre acontecimento e acontecimento jornalístico Bárbara Lopes Caldeira – UFMG Resumo Este artigo busca tensionar a noção pragmatista de acontecimento, que parte das reflexões de John Dewey, G. H. Mead e Louis Queré, e certa visada jornalística acerca do fenômeno, proposta por autores que seguem uma perspectiva […]


0

As artes marciais como produto midiático: da antiguidade a bruce lee e anderson silva Everton de Brito Dias – Cásper Líbero Resumo Neste texto de natureza explicitamente ensaística, exploramos a midiatização das artes marciais, propondo o diálogo entre as linhas de pensamento de Zygmunt Bauman, Guy Debord e Edgar Morin. Elaboramos sobre o desenvolvimento das […]


0

Quem dera ser um peixe: entre a tática e a estratégia Leonardo Vasconcelos de Araújo – UFC Resumo Trabalhando com os conceitos de “tática” e de “estratégia” trazidos por Certeau, este artigo tenta situar a prática comunicativa do Quem dera ser um peixe (QDSP), tomando como hipótese que ela se encontra na fronteira entre as […]